Ressonância Magnética

tab-image

Ressonância Magnética (RM) é uma tecnologia médica de imagem que utiliza um forte campo magnético e ondas de radiofrequência para produzir imagens detalhadas dos órgãos internos e tecidos, não envolvendo radiações.

Esta técnica pode ser usada para investigar praticamente todas as partes do corpo, sendo frequentemente utilizada para examinar o cérebro, articulações e discos da coluna vertebral. A mais avançada tecnologia para o exame de lesões cerebrais, lombares e tumores. Produz excelentes imagens de tecidos moles e órgãos vitais.

 

  • Para realização do exame:
    - São necessários o pedido médico carimbado/assinado, documento oficial de identificação e cartão do convênio;
    - A roupa não deve conter metal; caso contrário será oferecida uma vestimenta apropriada para o exame;
    - Cartões de crédito e bancários, relógios, óculos, aparelhos de surdez, celulares devem ser guardados em um box com chave no local;
    - Não usar maquiagem, gel ou creme no cabelo, retirar "piercings";
    - Os aparelhos ortodônticos fixos podem prejudicar a qualidade das imagens, porém não geram risco para o paciente;
    - O limite de peso para o exame é de 120 kg;
    - Caso tome remédios controlados (pressão, coração, outros), não deixe de usá-los nos horários habituais;
    - Os exames anteriores da região que será examinada são fundamentais na avaliação deste novo exame;
    - Comparecer 30 minutos antes do horário marcado para o exame.
    - Jejum, se houver necessidade de contraste.

 

Ultrassom

tab-image

A ultrassonografia (US), conhecida também como ecografia, é um exame de diagnóstico por imagem que aproveita o eco produzido pelo som para captar e enxergar, em tempo real, estruturas e órgãos do corpo.

A técnica é um dos métodos de diagnóstico por imagem mais versáteis, de aplicação relativamente simples, servindo assim para observar e detectar alterações na estrutura anatômica e no funcionamento das mais diversas estruturas do corpo. Além disso, auxilia na pesquisa de doenças congênitas ou adquiridas ao longo da vida e permite o acompanhamento da evolução de diversas enfermidades.

  • Para realização do exame:
    -Jejum, se houver necessidade;
    -São necessários o pedido médico carimbado/assinado, documento oficial de identificação e cartão do convênio;
    -Os exames anteriores da região que será examinada são fundamentais na avaliação deste novo exame;
    -Comparecer 30 minutos antes do horário marcado para o exame.

  • Tipos de exames:
    US Abdomen Superior
    US Abdomen Total
    US Aparelho Urinário (Masculino / Feminino)
    Bexiga cheia na hora do exame (tomar 4 copos de água 1 hora antes do exame)
    US Articulações
    US Axila
    US Crânio
    US Mamas
    Trazer mamografia atual
    US Mamas e Axilas
    US Obstétrico
    US Obstétrico Morfológico
    US Obstétrico Perfil Biofísico Fetal
    US Obstétrico Gestação Gemelar
    US Órgãos e Estruturas Superficiais
    US Parede Abdominal
    US Parótidas
    US Partes Moles - Transfontanela
    US Pélvico (Masculino / Feminino)
    Bexiga cheia na hora do exame (tomar 4 copos de água 1 hora antes do exame)
    US Pélvico Transvaginal
    US Pré-Auricular
    US Próstata Via Abdominal
    US Quadril, Virilha, Região Inguinal
    US Região Cervical, Pescoço, Bochecha, Glândula Salivar

Doppler Colorido

tab-image

O Doppler é um recurso da ultrassonografia que produz, em tempo real, imagens em movimento das estruturas e órgãos do corpo, podendo obter imagens que permitem determinar o sentido e a velocidade de circulação do sangue nos vasos sanguíneos e nas cavidades cardíacas. O sentido do fluxo sanguíneo é mapeado nas cores azul e vermelha, conforme o sentido de circulação do sangue.

O exame chamado Doppler passou então a ser um inestimável auxílio no estudo da circulação, sendo empregado não só no diagnóstico e acompanhamento de doenças, mas também na área da obstetrícia para seguimento e avaliação da gestante e do bebê. O procedimento pode ser empregado em qualquer porção circulatória.

  • Tipos de exames:
    Abdomen com Sistema Porta
    Jejum de 8 horas
    Aorta Abdominal
    Jejum de 8 horas
    Bolsa Escrotal
    Carótidas e Vertebrais
    Obstétrico
    Pélvico Transvaginal
    Vasos Mesentéricos
    Tireoide
    Arterial dos Membros Inferiores
    Venoso dos Membros Inferiores

Elastografia Shear Wave

tab-image

Elastografia Ultrassônica Hepática Shear Wave é uma técnica de diagnóstico por imagem utilizada para avaliar a fibrose hepática, que reflete a saúde e os danos no fígado causados por doenças crônicas nesse órgão, como hepatite, cirrose e presença de gordura.

A técnica afere a velocidade do som passando pelo fígado e a converte em medida de rigidez hepática (kPa).

O objetivo é evitar a biópsia hepática, que se trata de um procedimento invasivo, retirando um pequeno fragmento do fígado, e está associada a alguns riscos, como dor e sangramento.

Diferentemente da biópsia, a Elastografia Hepática, por ser um exame não invasivo, não causa dor e não requer sedação. Além disso, o exame dura aproximadamente 15 minutos, tem um custo muito menor do que a biópsia hepática e não causa nenhum efeito colateral.

Utilizamos a técnica "Shear Wave", mostrando excelente correlação com os graus de fibrose hepática quando comparada à biópsia percutânea, fornecendo avaliação fidedigna e quantitativa.

A Clínica Pixel oferece aos seus pacientes este avançado método diagnóstico, de forma pioneira na região do Vale do Aço, por meio de aparelhos modernos e equipe especializada.

  • Para realização do exame:
    -Jejum de 8 horas;
    -São necessários o pedido médico carimbado/assinado, documento oficial de identificação e cartão do convênio;
    -Os exames anteriores da região que será examinada são fundamentais na avaliação deste novo exame;
    -Comparecer 30 minutos antes do horário marcado para o exame.
  • Tipo de exame:
    Elastografia Hepática

 

Densitometria Óssea

tab-image

A Densitometria óssea (DO) é um método rápido e preciso (aproximadamente 15 min.), totalmente não invasivo, com baixa emissão de raios-X.

O método é uma das mais avançadas tecnologias para avaliação e monitoramento de alterações na densidade mineral óssea (massa óssea) na pesquisa de osteopenia e osteoporose

A densitometria por DXA do corpo inteiro é o único método que avalia diretamente todos os compartimentos corporais (massa óssea, massa muscular, água e gordura corporal).

Por permitir a máxima precisão nos resultados e, principalmente nos exames comparativos, é o método por excelência para diagnosticar precocemente doenças que interferem no metabolismo.

 

  • Para realização do exame:
    -Não é necessário jejum
    -Interromper uso de medicação que contenha cálcio nas 24 horas que antecedem o exame
    -Chegar 20 minutos antes
    -Exames que utilizam meio de contraste por via oral ou endovenosa não devem ser realizados nos sete dias que antecedem o exame

  • Não podem realizar o exame:
    - Gestante
    - Pacientes com peso acima de 130 kg

  • Como se faz o exame?

    Antes de começar, o paciente deverá trocar-se e colocar uma vestimenta própria utilizada no procedimento.

    Em seguida, é preciso ficar deitado no aparelho sobre uma mesa acolchoada. O paciente deve colocar as pernas num suporte para alinhar a pelve e a coluna vertebral. O aparelho passa pelos órgãos a serem avaliados. Essa ação é para digitalizar os ossos e gordura para quantificar a radiação absorvida por eles

    A recomendação é que o teste de densitometria óssea seja realizado, no mínimo, em dois ossos diferentes, preferencialmente, na coluna vertebral e no quadril.



  • Tipos de exames:
    Densitometria Óssea Infantil
    Densitometria Óssea de Fêmur e Coluna Lombar
    Densitometria Óssea de Fêmur
    Densitometria Óssea de Corpo Total para Avaliação da Composição Corporal
    Densitometria Óssea de Coluna Lombar
    Densitometria Óssea de Antebraço
     

     

     

Mamografia

tab-image

A mamografia é um exame de imagem (raio-X) feito na região das mamas, que permite detectar a existência de nódulos, assimetrias mamárias, microcalcificações, entre outras alterações e lesões que ainda não são perceptíveis e palpáveis.

O exame é realizado por meio do mamógrafo, um aparelho que comprime as mamas, a fim de obter uma imagem detalhada da região.

Seu principal foco é diagnosticar se há presença de câncer de mama. Portanto, mulheres que apresentam os primeiros sinais da doença devem fazer a mamografia imediatamente. Além disso, o teste é indicado a partir dos 35 anos e em jovens que possuem alto risco de contrair a doença

Para realização do exame:
-Não utilizar creme/desodorante na região das mamas e axilas;
-Trazer exames anteriores da região das mamas (se houver); Não é necessário jejum.

Não podem realizar o exame:
Pacientes grávidas ou com suspeita de gravidez.

Como se faz o exame?
O exame é feito ambulatorialmente, posicionando a paciente de pé, próximo ao equipamento que pressionará as mamas, a fim de espalhar ao máximo o tecido mamário e reduzir as doses de radiações necessárias para se obter as imagens.

As mamas serão comprimidas uma a uma, horizontal e verticalmente. Durante o procedimento, a paciente deve permanecer imóvel, inclusive segurando a respiração por alguns segundos, para se obter uma boa imagem.

Apesar de desconfortável, cada incidência mamográfica é bem rápida, durando apenas alguns segundos. Quando concluída, o tecnólogo solicitará ao paciente para que aguarde alguns minutos para conferência das imagens, dando certo o paciente é liberado. O processo ao todo leva em torno de 20 a 30 minutos.

Confira nossos exames

Conheça nossos exames e saiba de todos os detalhes, tais como: preparo para a realização, como é
feito e restrições, etc. Para saber mais, selecione o exame desejado ao lado.